Existe LIBERDADE ?

Existe LIBERDADE ?

02/06/2006 0 Por hernani

Álcool Gel a preço imbatível   -   VEJA AQUI

Existe LIBERDADE ?

Meu caro António, “um espaço de liberdade” é o que pretende? Mas, se me permite, pergunto: que liberdade?

A liberdade da Grécia antiga, por exemplo, onde um indivíduo era livre de desenvolver o seu trabalho, embora somente em espaços públicos? A liberdade que Marx defendia na sua “criação” de um homem novo, por exemplo, “como um direito de todos e não como um privilégio”? A liberdade de Rousseau, por exemplo, que imaginava que o homem nascia livre e era a própria sociedade que limitava a sua liberdade, e onde a liberdade de cada um era o limite natural da liberdade de todos os outros? A liberdade de Bakunin, por exemplo, oposta à de Rousseau, onde o homem não nascia livre e por isso não possuía nenhuma liberdade anterior à sociedade, e era essa sociedade que potencializava a sua liberdade individual? A liberdade como os anarquistas a concebem, por exemplo, onde “Liberdade” é uma palavra sublime que designa uma grande coisa, mas que, entretanto, requer ser bem definida, sem o que não se escapa ao equívoco? “A liberdade sem o socialismo, é o privilégio, a injustiça; o socialismo sem a liberdade é a escravidão e a brutalidade”. Como muito bem sabe, a palavra “libertário” antecede a própria palavra “anarquista” para designar uma corrente dentro do socialismo e que opôs Marx a Bakunin.

O homem de fé é antes de tudo um poeta, e hoje, na verdade, todos nós continuamos a lutar pela “Liberdade”, embora saibamos que estamos longe de viver em liberdade. Mas persistimos nesse ideal, dando razão a François Fènelon: “O mais livre de todos os homens é aquele que consegue ser livre na própria escravidão”.

Mas, nesta hora difícil, nunca é de mais lembrar Victor Hugo: “Chega sempre a hora em que não basta apenas protestar; após a filosofia, a acção é indispensável”.

Nos nossos dicionários de Língua Portuguesa, LIBERDADE é a “faculdade de uma pessoa poder dispor de si, fazendo ou deixando de fazer por seu livre arbítrio qualquer coisa; gozo dos direitos do homem livre; independência; autonomia; permissão; ousadia”.

Quando a “homem Livre” seria motivo para mais uma dissecação; vamos ficar pela “ousadia”.

Sejamos “ousados”, então.

Um abraço, e desculpas pela “provocação”

Alenquer, 2 de Junho de 2006 (00:49)

 

in blog “Discurso Directo”, de António Jorge Lopes http://ajorgelopesdirecto.blogspot.com/2006/06/discurso-directo.html


Hernâni de Lemos Figueiredo
©Hernâni de Lemos Figueiredo (2006)

Programador Cultural

hernani.figueiredo@sapo.pt

965 523 785


Álcool Gel a preço imbatível   -   VEJA AQUI

  Olá, muito obrigado por visitar este espaço.

Espero que a sua leitura tenha sido do seu agrado.

Se for o caso de nos deixar agora, desejamos que volte muito em breve.

Até lá… e não demore muito.     espreite