Bombeiros de Alenquer em festa: 63 anos de vida

Bombeiros de Alenquer em festa: 63 anos de vida

01/06/2000 0 Por hernani

Comemoram 63 anos de vida

Bombeiros de Alenquer em festa
Alenquer-bombeiros-1

A Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Alenquer completou, no passado dia 14 de Maio, sessenta e três anos ao serviço da comunidade. A festa, teve início, logo pela manhã, com a concentração de bombeiros, no Quartel da sede, e com o hastear das bandeiras com formatura geral do CB e Fanfarra. Seguiu-se um desfile apeado e coluna de viaturas pelas ruas da Vila e saudações às Entidades presentes na tribuna, no Largo Palmira Bastos.
Já no quartel, às 11,30, houve a recepção das Entidades Oficiais com formatura geral e bênção das três viaturas oferecidas, seguindo-se uma sessão solene, onde foram entregues condecorações a alguns bombeiros com quinze, dez e cinco anos de activo, local e altura aproveitados para o presidente da direcção se referir à primeira intervenção dos bombeiros, dizendo que “a Edilidade, num próximo futuro, deve equacionar estabelecer as regras do jogo que devam presidir às relações entre o Município e esta Associação”.
Alenquer-bombeiros-5Após a sessão solene, a festa de aniversário continuou, com um jantar convívio entre bombeiros, dirigentes e convidados, onde o bombeiro Zeca foi homenageado pelos seus colegas.
Naturalmente o Jornal D’Alenquer endereça as melhores felicitações à Direcção e a todo o Corpo de Bombeiros de Alenquer, tornando público o profundo reconhecimento pelos serviços prestados à comunidade.

António Ribeiro, presidente da direcção

SESSÃO SOLENE – Constituição da Mesa de Honra
Manuel João Guiomar, Vereador da Protecção Civil; Luís Rema, Vereador da Cultura; José Maurício, Vereador das Colectividades; Ramiro Ramos, representante da Liga de Bombeiros e de Federação de Bombeiros; Orlando Pereira, Vice-Presidente da Câmara de Alenquer; Carlos Cordeiro, Presidente da Assembleia Municipal; Francisco Cipriano, Presidente da Mesa da Assembleia Geral dos BVA; Comandante Barão dos Bombeiros Voluntários de Torres Vedras e da zona operacional do Oeste; José Manuel Catarino, Vereador; Horácio Corado, Comandante dos BVA; António Ribeiro, Presidente da Direcção dos BVA.

“Ao comemorarmos mais um ano de existência desta prestimosa Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Alenquer, sentimo-nos orgulhosos de todos aqueles que, há 63 anos, lhe deram origem…
…Falar-lhes sobre as dívidas dos Hospitais Distritais e substanciais atrasos nos pagamentos e actualizações dos preços dos serviços, por nós prestados, à Administração Regional de Saúde, já não é tabu para ninguém que está envolvido na administração de uma Associação de Bombeiros Voluntários. Talvez por isso, alguém terá afirmado que os “Bombeiros Voluntários são mais baratos”, ou até, se preferirem outra expressão “menos dispendiosos”. Matematicamente falando, somos uma das 278 Associações de Bombeiros Voluntários, num universo dos 305 Municípios do País, e assim seremos; SEMPRE VOLUNTÁRIOS! …
…Reportamo-nos à criação na Associação, em paralelo com a edilidade de um gabinete que, elabore planos prévios de intervenção nas áreas urbanas e zonas históricas. Áreas degradadas, áreas de risco, espaços urbanos não construídos e pedagogia de segurança, entre outras atribuições.
A Associação, em colaboração com o gabinete municipal de Protecção Civil, pode desenvolver um papel primordial em relação às escolas e às empresas do Concelho, no sentido de sensibilizar os jovens e os trabalhadores para o culto da segurança. Podendo daí advir uma fonte de recrutamento. Relativamente ao equipamento auto desta Associação, tem-se assegurado o plano de necessidades, através de fundos próprios, comparticipações do Serviços Nacional de Bombeiros e acções de entidades particulares que fazem questão de ajudar os Bombeiros, o que desde já sensibilizadamente agradecemos. Tivemos o ensejo de o constatar antes de para aqui virmos.
Uma outra questão prende-se com a Primeira Intervenção neste Corpo de Bombeiros, tema aliás já abordado pelo Comando desta Associação, quer em sede própria, quer em reuniões operacionais. A forma de intervenção dos Corpos de Bombeiros para a Primeira Intervenção, difere de município para município, pelo que, a questão da Primeira Intervenção, não pode ficar alheia à Câmara Municipal, como responsável pela protecção das vidas e bens na área do município. Daí que, somos de opinião que a edilidade, num próximo futuro, equacione contratualizar tal serviço com esta Associação. Contratualizar não deve ser entendido no verdadeiro sentido da palavra, mas sim estabelecer regras do jogo que devem presidir às relações entre município e esta Associação, no que concerne à qualidade da prestação do socorro em termos de prontidão e níveis de eficácia acordados. Pensamos ser possível estabelecer com a Câmara Municipal, a todo o momento, como aliás já o faz no âmbito da recolha de resíduos sólidos e gestão hídrica, um contrato de prestação de serviços, em nome da Prevenção de Incêndios Urbanos e no respeito pelos bens e vidas dos Cidadãos deste Concelho, porquanto a Câmara Municipal e os Bombeiros Voluntários de Alenquer estão por força das suas atribuições “condenados a entenderem-se”.
Para terminar, e porque o momento é também de agradecimento, quer esta Direcção, à qual presido, expressar publicamente o seu mais efusivo agradecimento aos Exmos. Associados, às empresas e Empresários individuais, às Juntas de Freguesia, à Câmara Municipal, à Federação dos Bombeiros do Distrito de Lisboa, ao Governo Civil do Distrito, à Inspecção Regional de Bombeiros do Distrito de Lisboa e Vale do Tejo, ao Serviço Nacional de Bombeiros, a pronta e inegável colaboração às nossas solicitações.
À Fanfarra, Corpo Activo, Comando e concretamente ao Sr. Comandante Interino deste CB, o qual tudo tem feito para que esta Associação tenha e mantenha o elevado grau de eficácia, manifestamos-lhe mais uma vez o nosso respeito e gratidão. Nesta data, em que a situação do Comandante do CB está definitivamente resolvida, segundo informação da IRBLVT, esperamos continuar a contar com a sua disponibilidade na Persecução dos objectivos que nos movem: VIDA POR VIDA!”

Lista dos Bombeiros medalhados

5 anos

    1. Luís José Conceição Silva
    1. Luís Manuel Carvalho David
    1. Rute Isabel Oliveira Franco
    1. Luís Filipe Oliveira Sousa –
    1. Pedro Miguel Nunes Ferreira
    1. Rui Manuel Santos Crispim –
    1. José Miguel Rebelo Alexandre
    1. Manuel Passos Batista

10 anos

    1. Pedro Nuno Oliveira Monteiro
    1. Paulo Manuel Silva Oliveira
    1. Fernando Manuel Pereira da Silva
    1. Nuno Filipe Esteves Grilo
    1. Ester Conceição Viegas Zeferino
    1. Susana Rosa Janes Morais

15 anos

    1. Paulo Alexandre Parreira da Silva
    1. João António Francisco Carvalho
    1. Luís Miguel Lourenço Agostinho

 

VIATURAS OFERECIDAS:
FORD TRANSIT (T.P.L. – Transporte de Pessoal – Tipo Ligeiro) – Oferta da Ford Lusitana S.A. Apadrinhou o Sr. Eng. Lino Collaço.
MERCEDES BENZ – (PSF- Pronto Socorro Florestal) – Viatura comparticipada pelo Serviço Nacional de Bombeiros e Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Alenquer. Apadrinhou o Sr. Comandante Operacional da Zona Operacional Lisboa Oeste.
MERCEDES BENZ 1419 ( ATP – Auto Tanque Pesado) – Viatura oferecida pela Rodocargo e foi apadrinhada pelo bombeiro Paulo Oliveira, em representação de Artur Pedrosa (Rodocargo).

 

Hernâni de Lemos Figueiredo
©Hernâni de Lemos Figueiredo (2000)

Director do Jornal D’Alenquer

in Jornal D’Alenquer, 1 de Junho de 2000, p. 11

 

  Olá, muito obrigado por visitar este espaço.

Espero que a sua leitura tenha sido do seu agrado.

Se for o caso de nos deixar agora, desejamos que volte muito em breve.

Até lá… e não demore muito.